VACINAS COMBINADAS

 

 

Sempre que possível, o uso de vacinas combinadas deve ser adotado, por causa de sua eficiência e segurança, por ser aplicada em apenas uma injeção e por ser capaz de induzir eventos adversos com menor frequência e intensidade do que se verifica quando seus componentes são aplicados isoladamente ou em associações tradicionais.

 

Tetravalente acelular (quatro componentes)  - Protegem contra difteria, tétano e coqueluche (vacina acelular) e haemophilus influenza do tipo B. Três doses no primeiro ano de vida: aos 2, 4 e 6 meses de idade e um reforço entre 15-18 meses de idade.



Pentavalente (cinco componentes) - Protegem contra difteria, tétano e coqueluche (vacina acelular), haemophilus tipo B e poliomielite com vírus inativados. Três doses no primeiro ano de vida: aos 2, 4 e 6 meses de idade e um reforço entre 15-18 meses de idade.



Hexavalente (seis componentes) - Protegem contra difteria, tétano e coqueluche (vacina acelular), haemophilus tipo B, hepatite B e poliomielite com vírus inativados. Três doses no primeiro ano de vida: aos 2, 4 e 6 meses de idade. 

 

Hepatite A + B – Uso adulto, vacinação combinada contra Hepatite A e B.  São necessárias três doses no seguinte esquema: 0-1-6 meses.

 

DTPa+SALK: contra difteria, tétano, coqueluche acelular e SALK.


DTPa - adulto: contra difteria, tétano, coqueluche acelular - uso adulto.