RAIVA

 

 

Indicações: Imunização contra a raiva em humanos, na profilaxia pré-exposição (vacinação preventiva) e na profilaxia pós-exposição (vacinação curativa).


É NECESSÁRIA ORIENTAÇÃO MÉDICA DO ESQUEMA DE VACINAÇÃO QUE SERÁ FEITO, ASSIM COMO ACOMPANHAMENTO PELO MÉDICO ASSISTENTE.

 

Quem pode se vacinar: Todo e qualquer indivíduo em risco de contrair raiva, independentemente da idade, uma vez que é doença de altíssima letalidade e contra a qual não existe tratamento específico.

 

Contraindicações: Em virtude da evolução fatal da infecção pelo vírus rábico, a profilaxia pós-exposição não apresenta contra-indicação. Em caso de vacinação preventiva (profilaxia pré-exposição), as contra-indicações são as gerais de todas as vacinas.

 

Esquema de doses: Deve ser definido e controlado por médico. A dose da vacina para crianças é a mesma do adulto.

 

Reações Adversas: Em geral, de intensidade leve e tendem desaparecer espontaneamente em 48 horas. A ocorrência de anafilaxia é rara.

 

Via de aplicação: Intramuscular ou subcutânea.

 

Disponibilidade: Rede Publica