HEPATITE B (HEPATITE A+B ou HEXA)

 

 

Indicação: Proteção contra a hepatite causada pelo vírus B.

 

Doença: Doença infecto-contagiosa causada pelo vírus da Hepatite tipo B que atinge basicamente o fígado.  A hepatite B é uma das principais causas de hepatite aguda e crônica, cirrose e câncer de fígado no mundo. A infecção pelo vírus da hepatite B (HBV) é um problema mundial.

 

A transmissão da hepatite B ocorre através do contato com sangue, saliva, sêmen e outros fluídos corporais (incluído o leite materno) de indivíduos portadores do vírus da hepatite B. Contatos sexuais, uso de seringas e agulhas contaminadas, transfusão de sangue e derivados, contato íntimo intra domiciliar com portadores do vírus, e transmissão da mãe infectada para o recém-nato, são algumas das formas de transmissão desta doença.

 

A doença pode ser assintomática ou sem sintomas específicos: perda de apetite, náuseas, mal estar generalizado, icterícia e febre. As pessoas com infecção crônica têm maior risco de desenvolver doença crônica do fígado (hepatite, cirrose ou câncer de fígado).

 

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS.) recomendou que todos os países do mundo iniciassem a vacinação da criança contra a hepatite B ao nascimento.

 

A vacina contra a hepatite B também está formalmente recomendada para os adolescentes e adultos que não tenham sido previamente vacinados, particularmente aqueles com vida sexual ativa.

 

 

Quem pode se vacinar:

 

Contraindicações: Gerais de todas as vacinas: quadro febril agudo ou alergia grave (anafilaxia) a um dos componentes da vacina.

 

Esquema de doses:

Crianças e adultos: três doses, sendo a segunda um ou dois meses após a primeira, e a terceira seis meses após a primeira dose. A primeira dose das crianças deve ser administrada nas primeiras 12 a 24 horas de vida, pois 90% dos recém-nascidos que são contaminados durante o parto desenvolvem hepatite crônica.


Prematuros com menos de 2000g ou 36 semanas de gestação: quatro doses, sendo a primeira com 12 a 24 horas de vida, a segunda com um mês de idade, a terceira um mês após a segunda dose e a terceira seis meses após a segunda dose.


Imunodeprimidos e pacientes renais crônicas: é necessário analisar resposta imunológica para se avaliar necessidade de modificação deste esquema, conforme indicação médica.

 

A vacina contra hepatite B também pode ser combinada com hepatite A.  A vacina combinada contra Hepatite A + B protege ao mesmo tempo, contra estes dois tipos de doença. O esquema de vacinação é a primeira dose na data escolhida, a segunda dose 1 mês após a primeira e a terceira dose 6 meses após a primeira. 

 

Eventos Adversos: Raros (menos de 5%). Geralmente reações locais (calor, vermelhidão, dor), até 24 após a aplicação.

 

Apresentações:


Vacina Simples: Vacina hepatite B infantil e adulto;

Vacinas Combinadas: Vacina Hepatite A e B: Hepatite A + Hepatite B

Hexa: Tríplice acelular (DTPa) + Hib + IPV + Hepatite B (infantil)

 

Via de aplicação: Intramuscular.

 

Disponibilidade: Rede Pública e Rede Privada (na Rede Privada existem as opções de vacina acelular e vacinas combinadas que conferem proteção para várias doenças com apenas uma picada).

 

 

Fotos